Image Map

08 junho 2017

1, 2, 3 Testando - Usando Dermaroller pela 1ª vez


Olá, meninas e meninos! Tudo bem?

Bom, esta semana chegou o Dermaroller aqui em casa (de 0,5 mm) porque resolvi testar na minha pele...afinal, depois dos 30 começam aparecer um sinal aqui outro acolá...sabem como é, né? rsrs 








Esse Dermaroller vinha junto com um sérum com ácido hialurônico também. Não posso afirmar ainda que vai ser um tratamento que realmente vai surtir o efeito desejado porque usei ainda só uma vez e, embora os esteticistas e dermatologistas digam que o aparelho seja descartável, acho ele bem resistente para aguentar mais algumas boas sessões. Ao passo que vamos usando, creio que podemos ir percebendo quando devemos trocar. 













Eu me preparei antes para poder fazer o procedimento. Comprei máscara descartável para proteger a pele na aplicação da pomada  para "amortecer" mais na hora das agulhadas; álcool 70% para desinfetar o aparelho antes do uso; e a boa e velha Xylocaína. Sim. Sei que tem outras pomadas que são mais fortes (Emla, por exemplo, que vem junto com bandagens) e beeeeem mais caras também e nem são garantia de que vão nos poupar de sofrer menos...e realmente foi isso mesmo.

Eu apliquei a Xylocaína mais ou menos meia hora antes de usar o Dermaroller (já devidamente desinfetado) e não senti adormecer praticamente nada na pele. Usei na região do bigode chinês e buço , que é onde queria testar primeiro, mas quando  percebi que não adiantou lá grandes coisas, fui para testa a seco, isto é, sem aplicar a pomada. 

Não precisa colocar muita pressão para começar sentir que as agulhas estão furando tudo, aos poucos. Os movimentos são sempre no mesmo sentido. Comecei de cima para baixo de sete a dez vezes e fui trocando o sentido da aplicação, da horizontal para vertical e nas diagonais. Foi ficando bem vermelho e a região em volta do bigode chinês pareia que eu tinha tomado umas boas picadas de marimbondo rsrsrs Mas acho que nas fotos não mostram bem como ficou vermelha a testa e na área do bigode chinês como ficou inchado. Embora incomode um pouco logo após a aplicação, para mim, não foi nada insuportável.


FOTO SEM EDIÇÃO, A CLARIDADE QUE ATRAPALHOU
MESMO PARA VER DIREITO COMO A PELE FICA LOGO APÓS



Fui fazendo em ambos os lados e buço, que era o mais adormecido, mas muito pouco também. Tomei coragem e fui para a testa, sem Xylocaína nem nada e a sensação foi a mesma. Achei que pela região do buço e bigode chinês ser mais sensível doeria mais, mas no meu caso, mesmo tendo pele mais sensível, não senti que foi nem melhor nem pior que na testa. Não quis pegar pesado demais também na pressão no Dermaroller na pele. E aí ficou assim quando acabei...Realmente, as fotos enganam muito e ficou bem pior do que está aí. Mas tá valendo, porque já estou com coragem de fazer de novo! rsrs






Mas por que fazer tratamento com o Dermaroller ou o mocroagulhamento?


Porque ele estimula a produção de colágeno, que começamos perder aos 25 anos, e faz com que preencha os sinais da idade, marquinhas de expressão e dizem que até manchas e marcas de espinhas pode eliminar com esse procedimento. 

Você pode usar o ácido hialurônico após as rolagens como também pode usar vitamina C ou A ou qualquer complexo vitamínico ou creme para área dos olhos que já esteja acostumada, mas no caso do ácido hialurônico,  ele promove o preenchimento mais rápido e com mais eficácia. Pelo menos é o que prometem e é o que espero!. Vamos ver se isso será constatado mesmo daqui para as próximas vezes. Depois de algumas horas, o vermelhão e o inchaço logo sumiu, não fiquei toda marcada como a maioria das pessoas e isso me surpreendeu, sinceramente. Não sei se porque eu peguei leve na primeira aplicação (por medo mesmo rsrs) ou se minha pele suporta bem virar uma peneirinha hehehe

E aqui está minha pele no dia seguinte do procedimento...




Nada de novo, certo? E também o vermelhão e inchaço não tinham mais, só um incômodozinho do lado direito do buço, mas só quando passava o dedo. No fim do dia, já não existia mais. 

Vale ressaltar que não coloquei força no dermaroller para não machucar a pele. O próprio movimento de vai e vem das agulhas já são suficientes para doer, ainda amais na primeira vez que não se está acostumada,mas nas próximas vezes, já sinto que posso "judiar" mais um pouquinho, tem que ser aos poucos mesmo.

Aguardem que devo repetir o microagulhamento daqui uns dias e trago novamente a parte dois do procedimento para vocês irem percebendo a evolução do tratamento e como vai ficando, ok?


Bjs e até a próxima!