Image Map

28 junho 2017

TAG: Me conheça melhor!




Olá, meninas e meninos!

Gostei de uma TAG que li no blog Biroska Geek, da Mariana Elias (visitem clocando no nome do blog) e resolvi trazer para cá, pois tem coisas mais gerais que quase não comento aqui, né?

Então, hoje, vou responder 18 perguntas para me conhecerem um tantinho a mais, tá?




1 - Você se considera uma pessoa do dia ou da noite?
Bom, como sou obrigada a trabalhar o dia todo, a noite acaba me servindo apenas para descanso, mas me conheço bem para saber que sou uma pessoa "notúrnica" rsrs Por mim, eu dormiria de dia e à noite é que iria curtir mais, acho que penso melhor à noite, criaria mais coisas e de melhor qualidade para o blog, para a vida. Então, sou do dia por obrigação, porque minha paixão mesmo é a noite, igual aos vampiros hehehe



2 - Você coleciona alguma coisa?
Vixe...necessaire, batom, canecas e sei lá mais o quê que não vou me lembrar de tudo!

3 - Qual era seu programa preferido quando criança?
Se for programa de TV, eram dois: amava os desenhos do Snoopy e o Chaves. Aliás, amo os dois até hoje. Também teve a época das séries japonesas e não perdia o Jaspion rsrs Agora de atividade, eu sempre gostei de escrever, além de brincar com os coleguinhas de rua.




4 - Sobre o que você pensa antes de dormir?
No grau de ansiedade que me encontro, penso em tudo que vou ter que fazer no dia seguinte, desde a hora de acordar até o fim do dia. E já fico cansada só de pensar!

5 - Qual sua cor favorita?
Ah, o preto! Preto é vida, combina com tudo, é lindo, é básico, é classudo, chama aenção na medida certa...é muitos ao mesmo tempo.




6 - Você é viciada em algum vídeo, game ou jogo de computador?
Não. Quando meu sobrinho era pequeno, jogávamos Resident Evil, mas ele tinha medo e eu acabava tendo que terminar o jogo sozinha e ele olhando e torcendo para eu matar os zumbis kkkkk

7 - Você tem algum hábito ruim?
Ah, acho que vários, né? Um deles é me irritar facilmente, logo perco a paciência e mando tudo às favas (para não falar coisa pior hehehe). E tenho a péssima mania de trincar os dentes, na menor raivinha que passar. É horrível!

8 - Você tem um irmão ou irmã?
Sim, uma irmã 16 anos mais velha.



9 - Você tem alguma tattoo ou piercing?
Não, mas até penso em fazer uma tattoo, mas não sei quando nem qual.

10 - Qual a sua flor favorita?
Gosto de flores que não tem cheiro. Não gosto de cheiro de flor, não. Gosto de tulipa. Acho muito bonita.




11 - Quando criança, o que você queria ser quando crescesse?
Acho que a primeira coisa que as meninas pensam é em ser professora, né? Depois, quando maior e já queria definir o que queria fazer da vida, eu queria ser cantora. Mas acabei me tornando funcionária pública hahahaha E blogueira também, claro.
12 - O que guarda embaixo da cama?
Além do bapu, que guardo principalmente as várias colchas e edredons que tenho, tem que sobrar espaço para meus casacos, bolsas, quadrinhos que acabo mudando um pouco do lugar, porta-retratos...e embaixo do baú, muita poeira! Por mais que varra, que passe pano, aqui em casa acumula muita poeira em pouco tempo.

13 - Você se considera organizada ou bagunceira?
Sou mais organizada, mas não aquela coisa neurótica. 




14 - Se você pudesse viver em qualquer lugar do mundo, onde seria?
Quando penso nisso, não sei bem ao certo, mas acho que em Londres.

15 - Qual seu filme favorito?
Puxa, tenho vários! Escolher um só é dificílimo! 
- Dança Comigo?
- Outono em Nova York
- Para Sempre Lylia
- O Silêncio dos Inocentes
- O Exterminador do Futuro 1 e 2...e a lista é grande!







16 - Qual ator ou atriz que dizem que você se parece?
Um amigo sempre me compara com Dina Sfat. E uma outra chamada Yvonne de Carlo. Mas a última acho que mais pela personalidade do que fisicamente.



17 - Diga uma coisa que as pessoas não sabem sobre você.
Ok. Vou revelar algo que há tempos estou para tocar no assunto e explicar melhor a vocês e vou fazer post sobre isto, mas tenho Esclerose Múltipla. Mas nem parece, parece? Posso me sentir privilegiada por não apresentar hoje mais sintomas da doença. E espero que nunca mais se manifeste!

18 - Qual a última mensagem do seu celular?
Conversas sobre algumas mudanças do trabalho no grupo do whatsapp rsrs


Bom, isso é um pouquinho de mim. Mais para frente, faço uma outra TAG que mostre um pouquinho mais sobre mim. 😉

Beijos e até mais!



26 junho 2017

1, 2, 3 Testando: Linha Deita Cabelo, da Muriel Cosméticos



Olá, meninas e meninos! Tudo bem

Pensa uma pessoa feliz em testar uma linha? Essa era eu quando recebi a linha Deita Cabelo, da Muriel Cosméticos. 






Quando fui ao evento da #influbeauty, promovido pela Muriel, fiquei de zóio nessa linha. Eu tinha que testar de qualquer jeito e quando chegou, dei pulos de alegria! E no dia seguinte já fui testando tudo! A única ressalva que tenho sobre essa linha é o aroma: tem um cheirinho de rosas. Particularmente, não gosto de cheiro de flor nenhuma, mas quando o produto é bom, eu até sublimo e passo por cima desses detalhes. Mas não é um cheiro muito forte, não. 

Shampoo Mega Hidratante: Olha, não achei que o shampoo tem uma meeeega hidratação, não. Mas não acho que isto seja um ponto negativo. Muito pelo contrário! Meu cabelo tem raiz oleosa e achei que se fosse mais hidratante, pudesse  "engomar" os fios. Limpa muito eficientemente sem ressecar. Deixa o cabelo mais solto, sente os fios bem limpos, soltos, leves. Gostei sim do shampoo, mas não senti que fosse hidratante e, no meu caso, foi até melhor, pelo motivo que expus acima, mas quem prefere um shampoo super hidratante, não sei se pode obter resultado satisfatório. No meu caso, eu gostei. Acho que limpa na medida e sem ressecaras pontas, o que é ótimo. Além disso, creio que não pesou os cabelos por conta da tecnologia Few poo, que limpa bem sem ressecar. Contem queratina hidrolisada, mistura de aminoácidos, e D-Pantenol (tipo Bepantol,sabem? É o mesmo princípio ativo).  A embalagem é grande com 300 ml, tanto shampoo quanto condicionador. Bom, né?!


Condicionador Mega Hidratante: não costumo usar condicionador faz muito tempo, prefiro as máscaras porque alinham mais os cabelos, mas gostei desse condicionador. Contendo os mesmos ativos do shampoo, ainda leva óleo de girassol e de coco ( quem não sabe o que o óleo de coco pode fazer pelos cabelos e pela pele, por tudo?!) Ele hidrata na medida certa, dá uma emoliência gostosa para os cabelos, desembaraçados, soltos, naturais e mais brilhosos . Acho que será melhor ainda no verão que, no meu caso, as máscaras acabam pesando mais por conta da oleosidade. 

Máscara Mega Hidratante: Nas versões de 300 gr e 500 gr e os mesmos ativos dos produtos anteriores...gente, essa máscara é show! Deixei por 20 minutos nos fios, já senti os fios mais "molinhos". Um truquezinho: depois de retirar a máscara, tem que usar o condicionador para selar as cutículas nos fios. 

Finalizador Mega Hidratante: Não é branco igual aos outros 3 produtos. Tem uma consistência mais rala e transparente que, além de ajudar a selar, ele protege do calor para usar o secador e chapinha, se quiser. Eu aconselho usar, sim. O acabamento nos cabelos é outro. Achei o produto em si o mais "fraquinho" dos quatro, mas nas pontas, ele age legal, deixa mais natural e dá uma proteção térmica bacana.

A linha é bem bacaninha, embora eu tenha colocado talvez uma maior expectativa sobre ela, mas não decepciona, de jeito nenhum. E outra coisa importantíssima: NÃO TESTA EM ANIMAIS! E isso é mega importante para mim, que sou contra testes em animais, embora,mesmo assim, muitas vezes seja difícil fugir sempre de produtos que pratiquem ou paguem para empresas fazerem testes em animais. 





E você, já usou, já testou? Me conta nos comentários o que achou. 😉



Beijos e até mais!













Créditos: sermelhor.com.br

23 junho 2017

As melhores coisas do outono/inverno


Bom dia, meninas e meninos!

Eu sei que muuuuuuuuuuita gente odeia o outono, ainda mais o inverno! 




Mas, mesmo quem não gosta, quando toma aquele chocolatinho bem quente (uns tomam até com conhaque), um caldo grossinho bem feito para aquecer o corpo, um banho bem quentinho (se for na banheira, melhor ainda!)...vocês não se sentem melhor, mais aconchegados? Temos que admitir que são duas estações em que nos sentimos mais reconfortante nesta época do ano. Então, por que não aproveitar curtir o que elas podem nos trazer de melhor e não só pensar "ai, que frio!"

Vamos listar coisas muito boas que só aproveitamos no inverno?

1 - tem coisa melhor que ficar no fim de semana de bobeira no sofá (ou na cama) com aquele frio lá fora e você curtindo sua série favorita no Netflix ou um filminho com uma pipoquinha, chocolate quente, café ou chá...o que você quiser?

2 - Dormir é muuuuito melhor no inverno. Não sei vocês, mas eu não suporto o calor porque temos dificuldade até para dormir. Ir para cama com aquele edredom fofinho, gostosinho, não tem igual!

3 - Pijamas: amo de paixão meus pijaminhas. Tanto que tenho vários e ainda acho pouco, porque tem que lavar e, no frio, não seca tão rápido. Tenho uma caixa cheia de pijaminhas confortáveis, quentinhos e macios.

4 - Sua pele não fica pronta para fritar ovos de tanta oleosidade! E seus cabelos, por conta do ar frio, acabam mais bonitos tbm. Já repararam?

5 - Bolo de fubá saído do forno com manteiga e café fresquinho...gente, só de escrever já me dá água na boca!

6 - No outono, é bonito ver as folhas caindo. Tem ruas que ficam forradas de folhas secas e acho isso lindo. Isso, para mim, simboliza a saída do velho para dar lugar ao novo. 

7 - No inverno, ficamos mais introspectivos e, com isso pensamos melhor nas coisas, planejamos melhor, com mais calma. Nós entramos mais "dentro de nós mesmos" e estamos mais inclinados a nos dar mais atenção, ao que estamos sentindo, o que queremos que permaneça nas nossas vidas e o que não nos serve mais.

8 - As roupas de inverno: OK, OK! Eu sei que, dentro de casa, a gente fica parecendo uma dita de pijama, roupão e pantufa (o que acho o máximo!). Mas as roupas de inverno são as mais bonitas, elegantes e classudas. Quem se veste assim, parece todo mundo rico, charmoso. A cara da riqueza!

9 - Botas: eu, particularmente,amo botas. Pode ser cano curto, cano longo, médio, tanto faz! E você não passa frio de jeito nenhum.

10 - Porque no outono/inverno você não anda parecendo que está morrendo, suada, suja, fedida, vermelha como um pimentão! Pode andar pelada, filha...não adianta! Você sai de casa parecendo uma top model e volta parecendo que veio da guerra! No frio não tem nada disso. É muito mais higiênico até! hahahaha 

11 - Passeios em cidades serranas: Campos do Jordão (SP), Petrópolis (RJ) Gramado (RS) ficam lindas e há vários eventos na época do inverno. Por que não tirar proveito disso???

12 - Noites chuvosas: tem coisa melhor naquele friozinho que você sabe que vai poder ficar de boa em casa ou está de férias (muita gente tira férias em julho, por exemplo) e dormir ou acordar com aquela chuvinha ou chuvona sabendo que vai continuar protegidinha embaixo das cobertas? Não tem preço! 


Eu teria milhões de coisas para listar para enaltecer o outono e o inverno, mas vou parar por aqui. Quem sabe depois faço uma parte dois hehehe

E vocês, o que acham do outono e do inverno? Vocês gostam ou não?


Beijos e até mais!


Creditos: lifeofcherryblog.blogspot.com.br

21 junho 2017

Linha Cuide-se Bem Caramelito, de O Boticário


Oláááá, meu povo! 

Eu mostrei lá no Insta essa linha ma-ra-vi-lin-da do Boticário que é a Cuide-se Bem. Conheci pela promoção do hidratante Nuvem, que mostrei no Instagram também! E aí me interessei em saber mais sobre essa linha e um dia, entrei numa loja e fui direto nos hidratantes e ameeeeei demais esse Caramelito! É muito deliciosa essa fragrância! Viciei nela! E ainda ganhei o hidratante para mãos do Lily, que já tive ano passado e é super hidratante. Vou deixar no meu trabalho, porque também é muito cheiroso! 





A linha toda consiste nos seguintes produtos: 

- Loção hidratante para o corpo;
- Creme para mãos;
- Body Splash;
- Óleo Bifásico para o corpo;
- Desodorante em spray;
- Desodorante roll-on
- Sabonete Líquido;
- Duo Sabonete em Barra;
- Hidratante de Banho.


Acho que é isso...rsrsrs Eu mesma montei meu kit e não escolhi o Hidratante de Banho (chooooraaa, danada, com essa pele seca que tu tem!) e Desodorante Roll-on (porque não gosto desse formato, só spray mesmo). O resto, eu trouxe tudinho e vou falar de todos para vocês agora!


SABONETE EM BARRA E LÍQUIDO





O que mais tenho usado é o em barra mesmo, pela praticidade. Nos fins de semana, uso mais a versão líquida. Ambos são muito bons e limpam a pele sem ressecar, mas o cheirão no banheiro todo rola no fim de semana com o sabonete líquido. E aí, a gente arremata esse banho gostoso com o Óleo Bifásico.


ÓLEO BIFÁSICO




Com a promessa de 48 horas de hidratação, não é bem assim. Só se for numa pele normal, porque em peles secas são algumas horas mesmo, bem poucas. Para falar a verdade, não gosto muito de óleos bifásicos, pois minha pele necessita de hidratação maior. Nunca acho que um óleo bifásico vai hidratar adequadamente. E não hidrata mesmo. Mas vale pelo cheiro e dá uma maciez na pele logo que aplica. Tá tudo certo! 

Hidratante Corporal e para Mãos





Hidratante Corporal

Com esse cheirinho, só pediria para ser bom para minha pele, que hidratasse bem. E ele cumpre bem a tarefa! Só tenho usado dele e quando aplico na pele, é notável a diferença já imediatamente. E olha que minha pele é seca! Mas ele hidrata sem melecar,na medida certa. É o item que mais gostei da linha.


Creme para Mãos

Pensei que o creme viria no mesmo tamanho que ganhei da linha Nuvem, mas é bem menor. A metade, para ser franca. E já não gostei disso, mas trouxe assim mesmo porque minhas mãos também são muito secas. E nesse friozinho que anda fazendo...Só que a hidratação dele não é bacana mesmo, não hidrata quase nada, mesmo sem eu ter mexido com água ou algum produto de limpeza antes, por exemplo. É bom para uma emergência ter na bolsa, mas não penso em comprar de novo. O poder de hidratação dele é muito fraquinho, pelo menos, para minha pele.


Body Splash e Desodorante Spray




Body Splash

Vale pela continuidade da fragrância e jogar pela roupa, porque body splash acaba não fixando nada na pele por sempre conter um pouco de álcool. E numa pele seca, deu ruim, né? Não combina.


Desodorante Spray


Não é um super desodorante que garante boa proteção, como um Nivea, por exemplo. Este é o mesmo caso do creme para mãos: numa emergência e dentro da bolsa, já que o tamanho dele é mais compacto que a maioria comercializada. É modestamente eficiente e deixa o mesmo cheirinho maravilhoso que me encantou nessa linha. Apesar de não ser um super desodorante, é bem bacaninha para levar na bolsa. Para quem prefere, tem ainda a versão roll-on.

No geral, achei a linha maravilhosa! E ainda tem os mesmos itens nas fragrâncias Leite e Mel, Cloud, Rosa e Algodão, Flor de Maça, Morango com Leite para fazer a sua linha especial, com itens da mesma fragrância ou variar entre eles, se assim quiser! :) 

Espero que tenham gostado da resenha...

Beijos e até mais! ;)










19 junho 2017

Ditadura da Beleza: temos que deixar de ser lisas para nos tornar cacheadas?


Olá, meninas e meninos! Tudo bem?


É um pouco complicado esse post, uma vez que "ditadura" parece que só serve para demonstrar uma "soberania" de cabelos lisos mas que, em contrapartida, muitas campanhas publicitárias e comerciais usam a mesma "ditadura" para convencer as mulheres de que "quem tem cacho é rainha". Mas e se você tem seus cabelos naturalmente cacheados e não gosta deles assim e os prefere lisos, você não se assume simplesmente por não gostar dos seus fios cacheados naturalmente???

Afinal, o que é "se assumir"?





Pra ser assumidamente negra, você é obrigada a usar cabelos na forma que não gosta, que você se olha no espelho e não se encontra mais só por que hoje existe um movimento para "assumir a raça e os cabelos" do jeito que são? Gente, ser negra é muito além de uma textura de cabelo, já está no gene, está a olhos nus para quem quiser ver. Não tem como renegar isso, tem? E cada um é bonito do jeito que escolhe ser. Se você gosta do que vê no espelho, provavelmente você tem feito um excelente trabalho, mulher! Seja lisa, cacheada ou o que for!




Você pode alisar seus cabelos porque os acha mais bonitos lisos e vai continuar negra. Então, não entendo como conseguem fazer tamanha lavagem cerebral na cabeça das pessoas para vender produtos para transição capilar. Se você não gosta dos seus cabelos cacheados ou crespos, nada demais tem nisso. Tem muitas coisas que não gosto em mim que gostaria de mudar. E quem não é assim? Quem nunca quis mudar a cor dos cabelos, ficar mais bronzeada, descolorir os pêlos do braço ou pernas, colocar lentes de contato verdes ou azuis se seus olhos são castanhos, preencher umas ruguinhas aqui ou ali...quem nunca??? Se você fez a transição porque realmente queria ter menos trabalho, gasto e, principalmente, gosta do que vê no espelho como está hoje, ótimo! A intenção deveria ser essa: você ser o que quer ser e não o que querem que você seja para dar lucro às empresas. 

O engraçado é ver como muitas mulheres reagem frente a isto. Até ontem, (modo de falar) todo mundo estava lotando salões para deixar seus cabelos liséééérrimos, a cada dia várias escovas progressivas eram lançadas no mercado, colocando até a própria saúde em risco por conta, principalmente, do famigerado formol e hoje se dizem contra cabelos lisos. Mas quando usavam os cabelos lisos, não se preocupavam nem um pouco com isso e, muito menos, com a saúde. Mesmo depois de reportagens de pessoas que só faltaram morrer por causa de substâncias nocivas em produtos do gênero.





O que me motivou escrever este post foi exatamente a postura de algumas pessoas que tenho observado que até outro dia alisavam seus cabelos porque não gostavam deles da forma que são ao natural e hoje, se rendem a essa nova "ditadura" e ainda falam que nunca gostaram de cabelos lisos! Gente, parou com a hipocrisia aí, tá? Para que tá feio!

A forma como usa os cabelos não precisa "demonizar" a forma como os outros preferem usar. Existe espaço para todo tipo de cabelo no mundo: lisos, crespos, cacheados, enrolados, louros, negros, ruivos, castanhos...e exatamente nisso que é o lado bom: a diversidade de gostos e que fazem do brasileiro um povo super miscigenado e por aqui nada é raro. Vemos loiras naturais, negras naturais lisas ou cacheadas, morenas lisas e cacheadas e cada um tem sua beleza, seja do jeito que VOCÊ gostar e não o que o mercado quer te empurrar.


ABAIXO À DITADURA DOS LISOS INSTAURANDO
UMA NOVA DITADURA???


Por exemplo: meus cabelos não são lisinhos assim como vocês veem nas fotos. Já falei diversas vezes aqui no blog. Meu cabelo é doido: raiz lisa e da metade para baixo tem partes que é mais frisado e outras têm tendência a cachear, mas a única parte definida nele é a raiz. Com um cabelo totalmente indefinido, o que acham que é mais fácil para mim? E o principal: o que eu acho que é melhor para mim e como eu me gosto mais? É provável que manterei meus cabelos lisos do jeito que EU GOSTO que sejam. Nem me imagino tentando definir esse cabelo doido, até porque eu teria muito mais trabalho e para mim, não gosto de cabelo muito cheio, não gosto de cabelo cacheado nem crespo (mesmo que haja formas de deixá-lo assim). 

Outra coisa: Meu rosto não favorece também um cabelo cacheado ou crespo. É minha opinião sobre mim mesma. Meu rosto é anguloso, sou bochechuda rsrs não cabe muito volume no cabelo. Mesmo vendo que muitas meninas ficaram ainda mais bonitas com seus cabelos ao natural, isto não quer dizer que para mim também funcione. Que bom para elas poderem usar cabelo ao natural, gastar menos tempo para arrumar os cabelos e ainda gostar mais deles como são! Pra mim, não rola.

Então, gente, vamos nos assumir como queremos ser. ISSO É O MAIS IMPORTANTE!!! Se nos achamos mais bonitas lisas ou crespas, cacheadas, morenas, loiras, ruivas...que sejam como você quiser e não que seja apenas uma moda e daqui a pouco todo mundo corre para os salões de novo porque não se gostam como estão hoje, tudo por conta de um mercado publicitário tão poderoso quanto é o mercado da beleza. Vamos celebrar que temos ferramentas para sermos como quisermos e não atacar quem usa esse ou aquele cabelo, criticar porque a vizinha não usa o cabelo preso porque é volumoso demais ou porque aquele liso é sem-graça.

Há espaço para todas. E viva as diferenças!



Um beijo e até mais!













Créditos: cacheia.com / youtube.com/analidialopes / http://penteadosparaadolecente.blogspot.com / https://salaovirtual.org/mega-hair-cacheado/ meioenrolada.wordpress.com

16 junho 2017

Ansiedade - parte 2

Olá, meninas e meninos!


Prometi falar mais sobre ansiedade no post anterior que tratei do mesmo tema. Mas achei no Google uma definição que possa ajudar um pouco: "Ansiedade ou preocupação que possa causar sofrimento significativo ou interfere com na rotina. Mas quero frisar que o transtorno "ansiedade" vem de uma causa subjetiva, não há ligação com uma preocupação em perder uma prova ou não conseguir uma promoção, porque isso tem uma causa conhecida. Pode ter sido causada por algum gatilho conhecido, mas não está propriemente estar ligado com o gatilho. Deu para entender??? rsrs Espero que sim, mas qualquer dúvida, usem o campo de perguntas. Certo???

Ansiedade pode (eu disse PODE e não ESTÁ) estar relacionada a uma outra condição de saúde mental, tais como ataques de pânico, abuso de substância ou transtorno de estresse pós-traumático (PTSD)". Sinto que neste caso, trata-se de uma ansiedade causada por motivos mais objetivos, mas a ansiedade desconhecida causa os mesmos sofrimentos, só que não sabemos o porquê.





Bem, parei na parte que fui diagnosticada com Transtorno Ansioso-Depressivo. Muitos profissionais banalizam esse transtorno e acham de fácil tratamento. Me desculpem o termo que vou usar, mas é porque não é no cu deles!

Para se ter uma noção do quanto essa diaba tem tomado cada vez mais espaço, ela tem sido considerada a nova doença do século. 





Cheguei conversar com outros profissionais até pela internet sobre o assunto, informando sintomas, o tratamento que sigo e lendo muitas coisas. E então, já li até artigos estrangeiros que esse TAD pode se transformar em Transtorno Bipolar, sim. Ou pior até, a hoje nem quase mencionada Psicose Maníaco-Depressiva, que muita gente acha que é tudo igual, mas não é! A singularidade e diferença entre elas é muito tênue, mas dessa parte, vou tratar em outro post.



Qual a diferença entre Transtorno Ansioso-Depressivo e Transtorno Bipolar?


O Ansioso-Depressivo, além de tomar medicações diferentes para o problema, ele apresenta um quadro mais ameno e mais fácil de tratar ou controlar. Ao passo que as medicações para evitar as crises do Transtorno Bipolar são totalmente diferentes porque precisam ser mais fortes, o acompanhamento mais rigoroso. É válido informar que antidepressivos podem ser indicados tanto para depressão como para ansiedade, porque, curiosamente, a maioria das pessoas que tem um problema pode ter o outro, mesmo que em menor grau ou manifestação. As medicações para bipolaridade deve estabilizar o humor para inibir tanto um extremo quanto o outro, estabilizadores de humor, vamos por assim dizer não só espaçando os períodos entre a depressão e a mania, mas manter a pessoa num comportamento mais "dentro da normalidade" para que possa conviver socialmente da forma mais normal possível. Se o tratamento ministrado for o adequado, as chances de controlar o problema tem grande chance de êxito. Porém, um diagnóstico errado ou incompleto pode prejudicar severamente o paciente, pois receitar antidepressivos para um paciente bipolar podem surtir efeitos contrários.

O que me ajudou muito com minha ansiedade (não que eu tenha deixado de ser...) e com a minha insônia foram vídeos e áudios de ASMR ( Autonomous Sensory Meridian Responde), que nada mais é que, traduzindo para o português Resposta Sensorial Autônoma do Meridiano. Mas o que é? Você já sentiu algum tipo de arrepio ou uma paz enorme ao ouvir a voz calma de alguém falar? Isso é ASMR. Sempre tive isso, mas só descobri que tinha um nome para isso no ano passado rsrs

Vou falar mais sobre o ASMR em outro post e dar também super dicas de canais incríveis voltados para o ASMR que mais me ajudaram e continuam me ajudando até hoje e sou eternamente grata a essas pessoas. Vocês, que são ansiosos ou estão enfrentando um período que precise de paz e não encontra isso externamente, vão gostar demais. Tem quem não tenha essa parte tão sensível e podem se irritar rsrs Mas, no meu caso, me ajuda demais e quero informar e compartilhar com vocês. Ok? No próximo post sobre transtornos psicológicos, então, vou desenvolver a parte que ajuda com ansiedade e depressão e, pode sim, ajudar com outros problemas também. Aguardem!


Um beijo e até mais!!!










Créditos: psicologiaacessivel.net / http://claudia.abril.com.br/saude/ansiedade-e-doenca-saiba-como-ela-age-e-como-tratar/

14 junho 2017

1,2,3 Testando: Shampoo e Máscara Medicin Capilar, da Muriel Cosméticos


Oieee, meninas e meninos!


Depois do evento que participei da Muriel Cosméticos (cliquem para acessar o site), me deu uma coisa louca de sair testando tudo da marca que vocês não têm ideia! Recebi a linha Alisena lá no evento e tem resenha aqui, depois recebi a linha Deita Cabelo umas duas semanas depois e quando fui à perfumaria do bairro estava lá outra linha que queria por demais testar: a Medicin Capilar.






Eu comprei só o shampoo e a máscara hidratante, embora existam ainda outros produtos da linha: Condicionador e o Tônico (para ajudar a nutrir e recuperar a força dos fios). A Máscara se apresenta nas versões de 300g e 500g. Onde comprei só tinha a de 500g e trouxe comigo. O bom é que todos os produtos da linha são super baratos: o shampoo paguei R$ 10,00 e a máscara apenas R$ 13,00 num pote de 500g. 






O que eu achei?


Na lavagem, pensei uma coisa e depois de seco, pensei outra. Enquanto lavava os cabelos e deixei a máscara por 10 minutos (tempo máximo que é para acompanhar a dinâmica da mulher que trabalha, estuda, etc, etc) , achei que seria o máximo: o cabelo ficou bem limpo (fala que há pouca detergência e para uso Few Poo, exatamente por limpar os fios com baixa detergência e sem ressecar os fios - mas faz muita espuma, o que constata o contrário. Não resseca os fios na hora da lavagem, mas vou explicar já algo que escrevendo o post me dei conta) e a máscara - bem densa tanto no pote como nas mãos - mas quando espalhada pelos cabelos, é uma máscara que se percebe um alto poder de hidratação, maleabilidade dos fios, é leve e deixa nos cabelos um cheirinho de cabelo de salão, sabe? Cheirinho suave e muito bom, por sinal. 

Mas não sei dizer por qual razão - se foi a combinação de magnésio com whey + colágeno + ácido salicílico+ D Pantenol - deu ruim! Quando os cabelos secaram, senti que a maleabilidade tinha se ido, as pontas ficaram secas, embora os cabelos continuassem desembaraçados, o cabelo pareceu perder a forma, armou na raiz e as pontas ficaram totalmente espigadas, totalmente indisciplinado embora ao toque pareciam hidratadas. Realmente, não sei dizer o que foi que aconteceu, pois o que se sentia ao toque não condizia com o resultado olhando no espelho. Fiquei frustrada. E boiando totalmente, por não saber o porquê o produto pareceu de início ser tão bom e, na fase finalizada, foi completamente diferente. 

Talvez, eu disse TALVEZ, esse efeito Few Poo aliado aos ativos componentes da fórmula dos produtos não tenha dado resultado satisfatório nos meus cabelos. Não uso progressiva com formol, nem tiogliocolato, nada do tipo. Uso um botox que eu mesma faço em casa, o qual já resenhei aqui e não posso saber ao certo se os componentes do Medicin Capilar retiraram o efeito do botox do meu cabelo ou qual foi o motivo, mas não posso afirmar seguramente que a tecnologia Few Poo + os ativos da fórmula não dão certo para o meu cabelo, pois já fiz uso de low poo e no poo e não ocorreu nada semelhante. E muito menos posso dizer que não vai ser bom para os outros. Já disse que produtos para cabelo e remédio agem da mesma forma: Um paracetamol, para mim, não faz efeito algum. Para você, pode ser excelente. A mesma coisa são produtos para cabelos.

Então, se você já usou, se usa a linha, se testou, me conte a experiência de vocês com a linha Medicin Capilar, ok? Quero saber mais opiniões sobre ela.


Um beijão e até mais!






12 junho 2017

Unhas Postiças: como e quando usar? Dá para usar sempre?


Oie, meninas e meninos!!! 


Tudo bem que o post é totalmente voltado às meninas, creio eu...mas meninos que já viram a mulherada de unha postiça aí e se perguntou "Pra quê?" Vão poder tirar umas dúvidas aqui e agora! hehehe E ahhh, vou falar também de quem rói unhas. Então, pode servir para todos! 

Qual delas ou quais delas são unhas postiças? Reconhecem?






Vocês sabem que eu tenho "um quê" a mais com as minhas unhas, certo? Tem até quem já me falasse que cuido mais das unhas do que dos cabelos. Eu posso passar meses sem tingir os cabelos, mas nenhuma semana sequer sem pintar as unhas, nem nas férias...nem que seja um esmalte bem basiquinho. Até porque eu fico com aquela coisa na cabeça de que se eu não pintar, vão começar a quebrar. E parece uma zica que começam a quebrar mesmo.






Mas, geralmente, uso muito pouco unhas postiças. Cuido das garras para que estejam sempre em ordem, mas tem vezes que acontecem umas desgraças, como tentar pegar uma caixa embaixo da cama e acabar quebrando a unha na carne! Uiiii, como dói! E aí não resta outra saída a não ser recorrer à gambiarra ou unha postiça. Eu já tentei aquele lance de papel higiênico com cola de unha, mas não rolou. 

Esses dias, além de uma das unhas quebrar na carne e não poder cortar porque já estava sangrando e doendo, a do dedão quebrou bem embaixo também e achei o fim ter que cortar tudo de novo, já que na semana anterior uma das unhas do dedo médio 😞 tinha quebrado também. 


Quando usar?

Eu uso somente quando as unhas começam a quebrar. Fora isso, nunca. Ou quando eu fechei a porta do carro no meu dedo (aaaaaaai!!!) e a unha ficou toda preta. Usei a tal da postiça uns 3 meses até ter minha unha de volta normal. Tem gente que consegue usar quase que sempre, mas não sei como consegue, porque a gente fica com medo de esbarrar com um pouco mais de força em qualquer coisa usando só uma ou duas, imagine usando dez!


Como usar?

Quando a gente compra aqueles discos de unhas postiças, elas têm um tamanho padrão. Se suas unhas não forem iguaizinhas na largura (que nunca é!) não dá muito certo, vai ter um tanto de trabalho para fazê-las ficarem cada uma de um tamanho e o risco de não dar certo é bem maior. 

Aí, minha irmã achou no centro unhas postiças de saquinho (da Santa Clara são boas porque vêm de vários tamanhos e custam baratinho) e elas eram mais compatíveis com cada tamanho de unha (dedo mínimo, médio e assim por diante) e foi assim que consegui usar no dedão direito, embora ainda esteja maior que a unha normal, mas foi por falta de eu mesma lixar para ajustar do tamanho que minha unha deste dedo fica realmente tanto em comprimento quanto na largura. É só ir lixando, gente. Lixa no comprimento que quer e vai lixando e encaixando em cima da sua unha para ver se está ficando com o mesmo formato e depois cola.  Tem unhas que já vêm com adesivo, mas nunca testei elas. Tem unhas que enganam bem, se a gente fizer direitinho, nem dá pinta que é postiça, como quando usei a para o dedo que a unha ficou preta com a porta do carro. Esta já dá mais pinta de que é postiça porque está quase da largura do meu dedo todo rsrsrs Mas ainda dá para ajustar, vai lixando desgastando até ficar do tamanho da unha original. Ou mais ou menos igual rsrs

Vocês sabem qual é a postiça aí nessa foto abaixo?





Me contem nos comentários! 😊😊😊

Posso usar unhas postiças toda semana?

Poder, até pode. Porém, não aconselho usar unhas postiças direto porque a cola, principalmente, enfraquece as unhas. Para quem rói unhas e as quer enormes, pare com esse hábito horrível e deixe as coitadas crescerem sem cobrí-las de cola o tempo todo. Elas não respiram e, logo, não crescem. Eu posso "dar bronca" no povo que rói unhas aí porque roía minhas unhas até o talo até meus 14, 15 anos. Meus dedos eram feios de tanto que vivia com eles na boca, sangravam, doíam. Vivia com eles sempre doloridos. Um dia, coloquei na cabeça que queria unhas grandes, iguais as da minha irmã. E parei de roer. É assim: força de vontade e acabou!

O processo todo desgasta as unhas: você lixa para desbastar a superfície da unha e a cola pegar melhor, usa isso todos os dias da semana e quando faz as unhas de novo, repete todo o processo de novo. Não há fortalecedor que dê jeito nisso. Portanto, se você rói unha e não consegue parar, arrume um bom motivo para deixar esse hábito feio e anti-higiênico e tenha suas unhas como queira. Se tiver dificuldades para deixar esse "vício" além do normal, talvez, seja o caso de procurar a causa psicológica disso, ok?


Um beijão e até mais!