Image Map

11 maio 2017

Síndrome do Ovário Policístico: o que é?



Olá, meninas! Tudo bem?


Vamos falar um pouquinho da saúde feminina?



Sim, meninos...embora eu saiba que vocês também leem o blog, hoje voltarei o tema mais às meninas, mesmo sabendo que muitos meninos têm irmãs, namoradas, esposas e que podem apresentar o mesmo problema, mas ainda fica valendo a dica. Vocês podem ajudá-las, caso elas reclamem de alguns sintomas que já já vou relatar. Ok?!










O que é Síndrome do Ovário Policístico???






O próprio nome já diz: o ovário ou os ovários estão com microcistos. Algumas mulheres apresentarão menos e outras em maior quantidade, mas não importa a quantidade em que eles se apresentem, vai te trazer problemas e não são poucos!


Quais seriam os principais sintomas da S.O.P.? 





- Menstruação irregular: talvez, seja o maior indicador do problema. Você menstrua 1 vez a cada 5, 6, 9 meses! Eu cheguei a ficar 9 meses sem menstruar...é uma gestação, gente. E não menstruar pode causar problemas gravíssimos mais no futuro, como câncer do endométrio, por exemplo.





- Cólicas muito fortes: quando você, finalmente, menstrua as cólicas são insuportáveis! Tanto que quando comecei a ter essas cólicas lá na adolescência, achei que tinha algo de mais grave. Já pensei besteira mesmo! E foi aí que fui ao médico e fiz todos os exames que indicaram o problema real. 





- Fluxo menstrual intenso: gente, eu menstruava horrores! Precisava de absorvente de parturiente, para terem uma ideia...e trocar entre 1 a 1h30, porque o absorvente encharcava pra caramba. À noite, para dormir, eu tinha que usar dois. E mesmo assim, tinha problema com vazamentos.








- Espinhas, espinhas e mais espinhas: sua pele vira um jardim espinhoso, literalmente! A pele passa a produzir muito, mas muito óleo e dentro de, no máximo, dois dias as imensas estarão enfeiando sua pele. E são espinhas doloridas. Não são espinhas nada discretas, são bem iguais essas da foto mesmo: ficam bem inflamadas, vermelhas, doem e leva uma semana para melhorar, enquanto mais umas três vão nascendo para substituir a que está secando. Fora o óleo puro que dá na pele que dá para fritar um ovo! Isso se dá ao fato de que os microcistos estouram e além de fazer aparecer essas infelizes, vem um outro problema junto...







- Pêlos pelo corpo: desde criança, eu sempre tive bastante pêlos nos braços, mas nunca tinha ouvido falar nessa coisa de hormônios. Aliás, quando menstruei, lá pelos 12 anos, nem sabia o que era menstruação. Pra ver como as meninas na minha idade eram bem inocentes, o que não vemos muito mais hoje em dia rsrs Mas, quando recorri ao médico, eu já notava que os pêlos não estavam demais somente nos braços: barriga, pernas e até nos seios tinha alguns pelinhos em menor número, mas tinha. Por quê? Porque os policistos "estouram" de vez em quando e forma outros. Dentro dos policistos existem os hormônios masculinos, ou a testosterona, que não tinha que estar no nosso corpo feminino e, por isso, começam a nascer pêlos em demasia pelo corpo. Mas nunca me aconteceu ( e que não me venha com essa também!) de aparecer no rosto, como dessa mulher!





- Queda dos cabelos: Às vezes, meu cabelo cai mais que o normal, mas isso pode ser devido a vários fatores e não somente a culpada ser a S.O.P. e acredito que deve ser mais estresse do que da S.O.P, porque tem épocas que não cai o normal de qualquer ser humano. Observe se, dentre outros sintomas, seus cabelos vêm apresentando queda fora do comum por períodos grandes. Cair cabelo é normal, mas poucos fios por dia que muitas vezes, nem percebemos. Mas cair todo dia um tufo de cabelo por um longo período é sinal de que algo não vai bem no organismo. Seja S.O.P ou qualquer outra coisa e precisa ser investigado.






- Aumento de peso: eu nunca tive problema com esse fator, mas muitas mulheres reclamam que engordam. Na verdade, acabam retendo líquidos pois, quando os microcistos estouram, o organismo reage como se fosse uma inflamação como outra qualquer e faz com que retenha líquidos.






- Dificuldade para engravidar: Talvez, para a maioria das mulheres, seja o pior problema a ser encarado se sofrer com S.O.P. Eu, particularmente, nunca pensei em engravidar, então, para mim não tem problema quanto a isto. Porém, sei que a maioria das mulheres querem ter seus filhotinhos rsrs Não é via de regra, mas já vi mulher desistindo do sonho de ser mãe por tentar inúmeras vezes e só descobriu que tinha a S.O.P. quando já estava "vencendo o prazo de validade", isto é, a mulher já não tinha mais segurança em engravidar porque já estava com mais de 40 anos, que já fica mesmo mais arriscado tentar uma primeira gravidez, ainda mais com um histórico desse. E tem mulheres que realmente encontram uma dificuldade muito grande em engravidar por conta desse problema e não conseguem de jeito nenhum ter filho. Isso vai depender de cada organismo também e dos tratamentos dos quais irão se submeter. Mas não é impossível também. Está cheio de mulher que tem S.O.P e tem lá seus filhotes. Então, nada de pânico. O que acontece é que os ovários não liberam o óvulo para ser fecundado porque os microcistos acabam formando uma barreira para os óvulos saírem, passando para a trompa de falópio e, finalmente, chegar ao útero. Então, se quer engravidar, tem que fazer um acompanhamento rígido com seu ginecologista.





Aliás, a primeira medida a se tomar ao se dar conta que tem algum desses sintomas que citei acima ou qualquer outro que sinalize que algo não está bem é correr para o ginecologista. Pode ser um problema desse como pode ser coisa até pior, como um tumor ou endometriose por exemplo. Mas aí é caso para outro post.

A parte de tratamento para Síndrome do Ovário Policístico é caso para outro post, pois quero informar sobre os tratamentos convencionais e os chamados "caseiros" ou até os alternativos, para quem acredita mais nos produtos naturais ou terapias holísticas.

Continua...

Um beijo e até mais! 











Créditos: novotempo.com.br / barrigadvez.com.br / youtube.com/carolinavaladares - naoconsigoengravidar.com.br / 6estrelasblog.wordpress.com / concentracaoinvertida.blogspot.com / cistonoovario.com / novidadediaria.com.br / tuasaude.com / tripadvisor.com.br / mamaeonline.com.br