Image Map

02 junho 2016

É fácil fechar parcerias para o blog?



Olá, meninas e meninos! Tudo bem?

E esta é a primeira postagem de junho, minha gente! Como o ano está voandooo...



Bem, recebi essa pergunta de várias pessoas no meu e-mail e até no inbox do Facebook de muuuita gente querendo saber como se fecha parcerias para o blog e resolvi fazer um post sobre isso. Vale lembrar que não tenho um parceiro fixo para o blog e vou explicar tudo certinho abaixo. Então, não sou habilitada em dizer como conseguir parcerias como tem gente achando por aí rsrs Quem me dera ser a rainha das parcerias!







Qual a diferença entre as formas de trabalho?


Parceria é quando por um certo tempo acordado entre as partes, anunciamos uma empresa em troca de produtos que pode também envolver ou não algum valor em reais para falar dela, fechando tantos posts por mês no blog e redes sociais ou da forma que melhor combinarem. Inclui banners fixos no blog também, por exemplo. 

Permuta é quando recebemos produto de uma empresa e falamos dela, fazemos resenha do produto e pronto. A empresa não se compromete em fazer envios futuramente. E nem a blogueira tem que ficar pedindo coisas também. A empresa já te conhece e, com certeza, vai acompanhar o crescimento do seu blog. Se ela quiser propor algo mais duradouro, seja por produtos ou outros tipos de propostas, futuramente pode te procurar. 

Publieditorial existe valor em dinheiro envolvido e acho abrangente, pois, geralmente, a empresa já manda através de uma equipe de marketing voltada para blogs, um texto pronto com foto do produto que ela quer anunciar ou lançar, paga à blogueira para simplesmente postar no blog como se fosse ela quem estivesse falando do produto, mas ao usar o marcador "publieditorial", sabemos que ela recebeu pagamento para fazer uma propaganda e não teve contato com o produto necessariamente. Mas tem o publi em que a blogueira escolhe o produto da loja que vai falar e recebe também em dinheiro. Ela não, simplesmente, recebeu um texto seco e dinheiro para anunciar no blog, ela teve a chance de falar do produto com propriedade, pois foi lá na loja e até tem chance de escolher produtos para divulgar. E tem ainda o que acho pertinente o termo "publiparceria" ( acho que nem existe esse termo), pois esse último trato é firmado por mais tempo, por tantas menções nas redes sociais e posts no blog por mês.

Um exemplo: uma blogueira bem famosa ano passado fez um publi apenas no blog sobre o lançamento de um carro. E dava para saber que não era o carro dela, as fotos eram muito bem trabalhadas em agências de propaganda, vinha um texto pronto e sem edição alguma (até porque a blogueira não pode editar), ela apenas estava fazendo uma propaganda ; A mesma blogueira faz publi com uma loja de departamentos já há um bom tempo onde ela faz vídeos e posts temáticos de dia das mães, dos pais, dia dos namorados, mas vai à loja, escolhe os looks e depois fotografa para redes sociais, a loja também usa as fotos dela. Uma vez por mês, pelo menos, ela fala da tal loja. E já teve loja que ela fez também publi que foi por apenas uma única vez. Talvez, porque o valor dela deve ser bem caro rsrs Um dia, quero ser como ela! hehehe

Então, até hoje, eu fechei permutas para o blog. Conseguir parcerias ou publi é bem mais difícil. E por que é mais difícil?

- Nem toda empresa se dispõe a fechar um acordo de parceria com blogs, principalmente os pequenos. Se conseguir, levante as mãos aos céus! Todo mundo batalha por isso, mas não é fácil. Então, quando a blogueira faz resenha e informa que recebeu produtos, as pessoas tendem a imaginar que tudo se trata de parceria.

- Nem toda empresa vale a pena: tem empresa que quer te propor afiliação com nome de parceria. Não! Afiliação nada tem a ver com parceria. Nós temos que saber bem o que é parceria, permuta, publieditorial, afiliação e afins. Sinceramente, ninguém precisa te procurar para conseguir afiliação. Tem várias lojas pela internet que fazem isso. Basta se cadastrar, pegar o banner e colocar no blog. Simples assim. As regras estão claras no site da loja e geralmente, você ganha de 5% a 15% em cada compra que fizerem através do seu blog.  A não ser que você queira um código para desconto aos seus leitores. Mas mesmo assim, é afiliação.

Não caia na conversa de "ah, minha empresa é pequena, não posso pagar nem oferecer produtos". Ok! Meu blog também é pequeno e não vivo de brisa. Propaganda grátis, ninguém faz. A gente também tem que saber se valorizar mesmo sendo pequeno ou nos fazem de trouxas. Não acredite na empresa que diz que depoooois vai te recompensar. Tá, depois vc entra em contato. Beleza?? Não adianta achar que fazendo isso depoooois a empresa vai te valorizar...pra quê? Você já faz de graça. Por que ela haveria de te pagar por isso? Então, pense muito bem antes. E isso chove, gente...chove gente assim que quer fazer esse tipo de "parceria" com você. Por isso que com afiliações, eu não trabalho de jeito nenhum. Tem que haver uma troca, pelo menos de produto por resenha. Como falar de uma loja ou produto que não conhece?

- Nem toda blogueira é séria também e queima o filme das demais: infelizmente, tem blogueira que enche o saco da empresa, fica cobrando se vai fechar parceria ou não e, pior, quando percebe que a empresa não tem interesse (às vezes, pela postura da blogueira), ela parte pra ignorância, manda desaforos...e claro, isso queima não só o filme dela como o das demais também. Eu já vi cada malcriação que menina por aí que vive fazendo que me deu vergonha. Não seja essa pessoa, pelo amor! Não me dê esse desgosto!

Preciso, obrigatoriamente, ter um mídia kit para conseguir uma permuta ou parceria?

Esses dias recebi de uma empresa que já é parceira de uma super blogueira e a proposta era de que eu enviasse o mídia kit todo baseado no Google Analytics e que eles, periodicamente, iriam analisar o tráfego do MEU BLOG pelo mesmo Analytics. Oi??? Em vez de eu fornecer os dados, eles queriam minha senha pra ficar fuçando ou fazer sei lá mais o quê? Eu lá vou entregar senha e tudo mais pra quem eu nem conheço, só porque anuncia com blogueira grande?? Obrigada mas, assim, quem não quer sou eu. Prefiro demorar a conseguir um parceiro decente, mas alguém de confiança. E mais: a "parceria" era uma afiliação, na verdade. Tá de brincadeira comigo, né? Vai com sua "parceria" pra lá!

Quando a empresa é profissional, é bacana, não quer te explorar, não vai pedir nada absurdo. É mais bonito falar sim ou não. 

Quanto a ter ou não o Midia Kit: nem todo mundo sabe fazer, nem todo mundo pode pagar e também não é garantia de absolutamente nada. Claro que é mais um item para profissionalizar o blog, mas não garante que você vai investir grana e conseguir alguma coisa..."ah, não consegui nada porque não tenho o mídia kit..." e aí você já esmorece. Tudo que ganhei até hoje foi sem mídia kit. E olha o exemplo que citei ainda há pouco. Só estou fazendo o meu, simplesmente, porque eu quero. Mas é o que eu disse: ter o mídia kit não quer dizer que te facilite algo em termos de parceria. É só mais um instrumento que profissionaliza na hora de mandar proposta para parceria, permuta ou o que for.

Estou aprendendo a fazer mídia kit agora e, espero, futuramente, fazer mídia kit como forma de outra atividade. Quem sabe, né? 

Sei que este é um assunto que envolve muita dúvida onde eu mesma sempre tenho várias e merece mais abordagem, até porque tem gente que condena algumas formas de trabalho então, mais para frente, pode ser que eu fale novamente sobre isso sendo mais específica , se vocês quiserem.

Mas, não se iludam com empresas grandes, nem com mídia kit, nem nada. Faça um e-mail bem escrito (sem erros de português, por favor!), objetivo, sem muita conversa fiada e deixe clara sua proposta que se tiver que rolar, vai rolar. Certo? Quem não tem cão, caça com gato. Nada de pressa para conseguir parceiro, porque essa pressa pode se transformar numa armadilha ou pegar uma tranqueira que só vai te trazer dor de cabeça. 


Beijos e até mais!


Créditos: bonequinha11.blogspot.com