Image Map

21 agosto 2015

As dificuldades em criar e manter um blog


Olá, meninas e meninos! Tudo beleza?

 Muita gente que tem algumas curiosidades de como é administrar um blog, como é ganhar dinheiro com isso (não sei porque ainda não ganho) e algumas outras coisinhas que as pessoas meio que idealizam de como seja. Mas nem sempre tudo são flores. Aliás, como tudo na vida existem os bônus e ônus e temos que saber o que pode ser uma constante e as variantes. 

Esse post está pronto há algum tempo, mas sabe quando vc faz algumas ponderações tentando ser o mais honesta possível sem desanimar quem quer criar seu blog, deixando ciente de que vão existir espinhos pelo caminho? Pois é. E essa tarefa é difícil, porque minha intenção nem de longe é desmotivar alguém, muito pelo contrário! Se fosse isso, não estaria aqui com meu blog. Mas tem muita ilusão e fantasia em torno disso.

Mas, primeiro, vou contar como comecei o blog: já acompanhava algumas meninas pelo YouTube há algum tempo e achava legal elas irem ali na frente da câmera falar para as pessoas. E até hoje não consegui criar essa coragem! Eu tive um, em 2011, que abordava outros assuntos totalmente diferentes do que escrevo hoje e acabei desativando porque já não queria mais falar daquilo. Até que em dezembro passado, após assistir tantas blogueiras e ir amadurecendo a ideia de me dedicar a uma página nova, criei este blog. Além de ser uma distração, por causa dele me informo sobre novidades, temas, descubro pessoas. Aqui, de certa forma, é um refúgio onde gosto de me revelar e estou fazendo isto aos poucos, dentro do meu limite.



Se dedicar a um blog não é fácil, gente. Isso porque ainda nem gravo vídeos, sou demais tímida para isto, embora eu queira fazer pelo menos para saber como é. Mas mesmo que eu não entenda praticamente nada de fotografia, de iluminação, vc já começa a ter uma preocupação com isso e procurar melhorar a qualidade das ilustrações. No começo, vc não tem nada e copia fotos da internet dando os devidos créditos. Mas logo isso já não basta, vc quer um conteúdo seu, "bola" um logo para as fotos, pensa no texto, edita, posta...aquele não ficou bom, aí edita de novo...tem dias que não tem ideia do que vai postar, falta assunto, falta material pq não teve tempo de criar, já que tem de conciliar com várias outras coisas no dia, inclusive seu trabalho formal, etc, etc, etc. Por fim, você já está se dedicando a um novo trabalho, mesmo que não seja ainda o suficiente. Mas vc vai tocando e quando se dá conta, o blog toma parte de seus pensamentos várias horas do seu dia.

É engraçado como quando vc fala que também trabalha como blogueira e as pessoas acham que vc ganha rios de dinheiro e conhece o mais rico dos empresários! Eu não tinha ideia de como as pessoas idealizam tanto em torno da blogosfera porque uma meia dúzia faz sucesso e aparece até em programas de TV, comerciais e tem quem pense que isso é igual para todas. Teve uma pessoa que me conheceu numa noite em evento e não deu dois dias já estava me pedindo favores, perguntando se eu poderia fazer a ponte de contato entre ela e uma empresa aí super famosa, só porque testei o produto da marca! Gente...falei da marca porque fui na loja, comprei o produto e achei interessante compartilhar com vcs. Simples assim!

É sério: tem gente que acha que ao te conhecer terá chance de conseguir alguma coisa que precise, seja lá o que isso for! Meu povo, eu não ganho absolutamente nada daqui. Já monetizei o site, mas teve tanta frescura por tão pouco que no momento nem quero mais! E acabei não ganhando nem o que tinha monetizado. Se eu quero ganhar dinheiro com o blog? Mas é claro que sim! Hoje, posso dizer que é meu objetivo. É o que gosto de fazer e nada melhor do que trabalhar em algo que gosta e ainda ganhar bem por isto, que é o que 99,9% da população quer da vida. Mas eu tenho consciência que me falta muito chão a percorrer, não é fácil se destacar num mundo onde existem milhares de blogueiras melhores do que eu, que se dedicam integralmente a isto, que gravam seus vídeos, que montam até cenários e tudo mais. Tenho muito a melhorar, mas muito mesmo, se eu quero ver meu trabalho render frutos. E ter consciência disso é importante. Trabalhar para que o seu blog cresça cada vez mais é o outro passo...e sempre na vida de blogueira vai ter que visar isso. Não é fácil se perceber em muitas coisas. Às vezes, tá na nossa cara e não enxergamos. Não é assim? E isso vale para muitos aspectos na vida. Mas é preciso ir se aprimorando, o que vem com o tempo.

Além de ter que rebolar para administrar o tempo que, muitas vezes, pode ser escasso...há alguns pontos um tanto complicadinhos nessa vida de blog. Vamos a alguns: 


- Você não entende nada de blogs, mas quer ter um: O combustível inicial vc já tem, que é a vontade! Acho que a maioria ou todo mundo que criou seu blog já passou ou passa por isso...tipo eu, assim...rsrs Em primeiro lugar, escolha onde vc vai começar hospedar seu blog: Blogspot e Wordpress são gratuitos. E quando vc começa não pode pagar nada! Então, recomendo escolher um dos dois. Tem o Wix também, que é gratuito e tem bastante layouts à disposição. Assim que criar sua conta, a própria plataforma (não sei se posso usar esse termo nestes casos) vai orientando vc das ações básicas, como configurar layout (pois já tem alguns modelos), vc vai configurar fonte, largura, cor, etc. Com um tempo vai descobrindo alternativas de deixar mais bonitinho, de deixar com a sua cara. Não é porque vc tem um blog que tudo vai se resolver sozinho. Envolve pesquisas, assistir tutoriais de vários segmentos, não só sobre blogs, mas fotografia, iluminação, divulgação e tralalá...porque é nessa hora que percebemos que não manjamos de nada! É engatinhando, fuçando aqui e acolá que vai se descobrindo as coisas e isso tbm leva tempo. Então, tenha paciência consigo mesma e suas limitações, porque vai se dar conta que tem várias.



- Crítica das pessoas: Já diz o ditado: "quem está na chuva é para se molhar" e, infelizmente, vai ter quem entre no seu site só para criticar, coloca defeito em tudo e até xingar. Parece que esse povo só navega na internet pra infernizar a vida alheia, mas está sempre lá espiando o que vc faz kkkk A vida dessas pessoas é colocar os outros para baixo. Creio piamente que são pessoas extremamente infelizes cuja única função na vida é tentar fazer com que o resto da humanidade seja tão infeliz quanto ela.Claro que vai chatear e muito, pode abalar sua confiança, mas eu sempre lembro de exemplos que hoje são super conhecidos: um jogador de futebol que tomou vários nãos: " você não serve pra isso, meu filho!"; modelos que foram recusadas diversas vezes porque tem sardas, porque é mais cheinha, porque isso e aquilo até conseguirem trabalhar e obter sucesso; alguém almeja um cargo melhor e luta muito tempo para conseguir, levando diversos desaforos até conseguir o que queria...e os exemplos são infinitos. Assim como existem os espíritos de porco, existem pessoas que curtem o que faz. E mesmo que isso chateie, não deve esmorecer ou duvidar da sua capacidade por causa de um zé mané ou uma maria qualquer que entrou na sua página pra te detonar. Não dê esse poder a ninguém! Quem sabe de vc e sua capacidade é vc mesmo.




- Visitas de pessoas apenas interessadas em curtidas e seguidas de volta: Isso faz parte e é absolutamente normal. A maneira mais fácil de começar a ser notada é assim, muitos vão saber da sua existência desta forma. E vc tbm faz amigos através disso, acredite. Você também acaba por fazer parte de sites agregadores de links e isso acontece pq todos ali são blogueiros e uma forma de conseguir visibilidade é que eles curtam sua página e suas notícias. Mas o problema é quando a preocupação é só essa e nada mais. Chega uma hora que vc se chateia e se sente desperdiçando tempo. Vc quer fidelizar seus leitores e não que isso seja apenas uma troca de favores, porque senão nunca vai sair disso. Ainda tem aqueles que falam que estão estão te seguindo só para que vc siga de volta, mas não está te seguindo coisa nenhuma. Ao menos, se diz que está seguindo e quer reciprocidade, não seja mentiroso, né? Blog é dedicação e trabalho. E o trabalho que vc emprega nele vc espera reconhecimento como em qualquer outro, que tenham lido seus artigos e curtido porque realmente gostaram e não uma curtida interesseira. O mesmo serve para os comentários. Tem aqueles que só comentam pelo título da postagem, quando muitas vezes o texto é outra coisa! Aí comentam qualquer coisa esperando q vc faça o mesmo, se vc percebe que o sujeito ou a sujeita nem leu seu post. Aí força a amizade, né?




- Raramente, seus amigos e familiares vão te incentivar: Vc conta a algum amigo ou alguém próximo que tem um blog. A maioria vai dizer: "Ah, legal!", mas não terão nem curiosidade de conhecer, nem vão perguntar sobre o que é. Mesmo que vc mande convite por alguma rede social ou mande link para saber mais do seu trabalho, a maioria não vai se dar o trabalho nem de espiar. Por que isso? Simples: Porque eles pensam: " Mas que besteira! Pra que isso?!", pensam que está perdendo tempo numa coisa inútil, mas muitos (ou muitas) podem até seguir blogs famosos. É, pode ser desanimador e até decepcionante, mas não conte com seus amigos e nem sua família porque está fazendo algo que foge o tradicional e que não está te dando um centavo. Principalmente para sua família, isso pode ser legal para os outros, não para vc. Portanto, não espere incentivo ou interesse de alguém.



- "Não faço pelo dinheiro": O grande papo das blogueiras famosas, que hoje ganham rios de dinheiro por causa de seus blogs e dizem que não fizeram por dinheiro. Papo pra boi dormir! Não caiam nessa e se sintam culpados por pensar diferente. Gente, é claro que essas meninas que estão aí fazendo sucesso com seus blog e seus canais no YouTube visaram isso desde sempre e, inclusive, trabalharam muito para isso! É hipocrisia dizer o contrário, pois a primeira coisa que fizeram foi monetizar seus blogs. Tô errada? E não há vergonha alguma em assumir isso. Talvez, não tinham noção de que poderiam chegar tão longe, mas chegaram graças a muito trabalho e divulgando seus trabalhos porque queriam o tão sonhado reconhecimento que têm hoje! Todo mundo quer ser reconhecido pelo que faz. E por que não ganhar a vida na internet? Não tem nada de desonra assumir isso, mas chegar na frente da câmera e falar que "só fez por amor" é demais, né? Amor vc faz com seu marido, seu namorado...tenha dó! Portanto, é importante que vc fale de coisas que goste porque vc não vai falar do que não entende ou não tem a menor ideia do que seja, mas além de ser um prazer falar de assuntos que te interessam e interagir com leitores que gostam do que escreve, foque sim em fazer deste o seu trabalho. Seu blog não vai ser pior porque vc assume para si mesma que quer viver dele.



O desânimo vai bater à sua porta: Cada dia mais vai se dedicar a sua página, conciliando com outras atividades, vai ter dias que se cansará de tudo e vai ficar que nem no desenhinho aí abaixo...Tbm vai ser difícil não passar pela sua cabeça: " Não sei se isso é para mim, não sei se devo continuar, eu tô tendo dificuldades, eu não sei fazer tal coisa, eu sou burra..." e uma infinidade de outros pensamentos desse "naipe". Assim como vc tem aí seu emprego diário que te enche o saco todo santo dia e vc tem que ir goste ou não, sinta que é para vc ou não, ache que deva parar com tudo e ter um outro trabalho. Aqui é a mesma coisa. Todo dia vc vai ver blogs muito melhores que o seu e vai bater a dúvida, a insegurança, vai achar que está fazendo tudo errado. Só que a cada dia temos a chance de se perceber e melhorar! Mire-se nos blogs que gosta de acompanhar. Inspire-se. O desânimo vai bater várias e várias vezes, um milhão de vezes! Mas não pare e toque em frente, mesmo desanimada. Procure sempre melhorar, por mínimo que seja. Às vezes, queremos melhorar algo que dependa de dinheiro, mas desenvolva ideias ou assista a tutoriais que ensinem o que vc procura e tente. Na internet tem de tudo que precisamos, porém precisamos de paciência e quebrar muito a cabeça para aprender, mas quando aprendemos uma coisinha de nada que parecia um bicho de 7 cabeças, já ficamos felizes e vamos usar a nosso favor.



Você vai se achar inadequado (a): pode parecer besteira, mas vc vai navegando no YouTube, por exemplo, procurando por diversos assuntos e vez ou outra se depara com pessoas que vão falar da blogosfera de uma forma nada agradável em vários âmbitos: "ah, eu não faço sucesso porque já estou velha", "ah, eu não posso comprar um equipamento bom, então, meu canal está fadado ao fracasso", "eu sou feia, pobre, a desgraça em pessoa..." e um tanto de outras coisas que as pessoas se criticam ou julgam em si que acabam atrapalhando tanto que em vez de tocarem em frente, se deixam envolver só por esse tipo de pensamento que se perdem. E vc pode se ver enquadrado num caso desses vez ou outra. E será o suficiente para esmorecer. Eu mesma já me peguei pensando em algo negativo (e pode acontecer de novo) e colabora apenas para vc não fazer nada e se dar por vencido. Vá fazendo as coisas aos poucos e tente melhorar a sua deficiência. Isso é geral: temos pressa de ver resultados. O ser humano é assim. Mas nem sempre vai acontecer dessa forma, infelizmente. Vá trabalhando, fazendo uma mudancinha aqui e ali. Isso cai um pouco no tópico anterior: o desânimo vai bater, por diferentes motivos e de onde menos se espera, mas não pare, continue trabalhando para melhorar o que percebe que não está legal, peça opinião sobre seu blog. Mas se vc quer muito isso, faça!




Não se imponha metas estratosféricas: Como vc vai se espelhar em exemplos positivos, vai mirar seus objetivos no melhor que vc conhecer, certo? Calma. Isso pode ser mais um caminho para a frustração. Isso tem que servir de inspiração, não para que te jogue "na chon"! Vá trabalhando, melhorando um pouquinho a cada dia, adicionando itens, assuntos...enfim, vá fazendo o seu dia após dia para poder mais lá na frente começar a visualizar um futuro promissor. Fazer isso sem ter nada nas mãos ainda de concreto é mais um passo para se sentir um fracasso porque não vai conseguir suprir suas expectativas. Vc não vai ficar rico da noite para o dia, e é bem provável que nem fique, mesmo trabalhando duro.



O blog da fulana já está bombando e o meu, não: Essa fotinho já diz tudo! kkkkkk Nem precisaria comentar mais nada, mas...eu não me aguento! hehehe Para! Pode parar por aí! Que vc se espelhe em algumas blogueiras é válido e super positivo. Se vc começou o seu blog, é porque se inspirou em alguma blogueira por aí, provavelmente. Aí de repente vc vê uma que começou praticamente junto com vc que já está com trocentos seguidores e aí vc se pega pensando "por que o blog da fulana tá bombando e o meu não, se o o conteúdo é parecido?" Esqueça isso! Isso é atraso de vida e só vai servir para tirar seu foco. Olhe para vc e não para o vizinho. Em todas as esferas de trabalho isso acontece. Não estou dizendo que necessariamente é o caso, mas quantas vezes já vimos alguém que não é ético, nem bom profissional é, se dar bem? Faça o seu e esqueça os outros! Reveja o que está fazendo também, se vc está fazendo o suficiente. Talvez, a fulana está se aventurando mais do que vc e, logo, ela colherá frutos antes de vc tbm.



Vencer a si mesmo: Essa deve ser a parte mais difícil de todas. Vencer o próprio pensamento negativo, o desânimo, a falta de tempo, de coragem , o medo de se expor, as críticas severas consigo mesmo, a falta de paciência, a timidez em excesso...tudo o que te atrapalha e te faz estagnar. Tem gente que é super extrovertida, fala pelos cotovelos e isso é um grande aliado. Eu vejo por mim: eu coro só de pensar em gravar um vídeo e ir parar no YouTube! E olha que é uma ideia que estou trabalhando em mim há meses! Mas...se eu quiser que a coisa vá pra frente, lá é um caminho certeiro de que vai ser vista. Se eu quiser visibilidade, eu vou ter que perder a vergonha, eu vou ter que arriscar, vou ter que encarar. No início, vai ser difícil demaaaais e é por isso que eu tbm tô nessa de deixar pra depois, confesso...hihihi. E espero me acostumar a falar com uma câmera sabendo que tem um monte de gente ali vendo, me julgando, uns gostando e outros não.



Creio que estes são alguns tópicos básicos para comentar com vcs. Talvez, concordem ou não comigo, mas em alguns pontos podem se identificar, pois acho que todos, se não a grande maioria, já viu essas coisas por aí...

Ter um blog é muito legal, apesar dos desafios e de algumas coisinhas meio esquisitas pelo caminho hehe Mas o mais importante é que, se vc gostar disso, vai levar adiante seja como for simplesmente porque te faz bem.

Bjs e até mais!





Créditos: segredosderendaonline.com / guiadoestudante.abril.com.br / pequenoguru.com.br / revistadigital.com.br / revistagalileu.globo.com / desenhoonline.com./ vip.abril.com.br / lauralannes.wordpress.com / nexa.com.br / singularevista.blogspot.com / noticias.r7.com