Image Map

25 julho 2015

Delícias de Inverno - Caldos Quentes


Hummmmmmmmmmmm...ô coisa boa! Vai dar fome isso! hehehe

Tem coisa mais gostosa neste inverno do que já estar bem aquecido e desfrutar um caldo bem quentinho? Sou suspeita para falar desse tipo de caldo porque cresci tendo eles aqui em casa. Quando eu era pequena, minha mãe sempre fazia caldo de ervilhas e mandioquinha. E para quem acha que fazer em casa não dá certo, vou deixar as dicas aqui embaixo para vcs fazerem aí na sua cozinha e se deliciar com eles!



caldoecia.com.br



Caldo de mandioquinha - aqui em SP chamamos de mandioquinha o que no RJ chamam de batata barôa. Não sei se em outras regiões do Brasil o nome muda tbm. Mas o que interessa é que a danadinha é boa demais! Farta em Vitamina C (que combate os radicais livres), Complexo B, ácido fólico, Vitaminas E e K, além de ajudar a diminuir os níveis de colesterol, a mandioquinha tem um sabor inconfundível, bem marcante e além de ser ótima para caldos, tbm é muito usada em saladas, cozidos e afins.

Receitinha da minha mamis para o caldo: 

1 kg de mandioquinha 
1 litro de leite
1 lata de creme de leite
1 cebola grande
1 cabeça de alho
sal a gosto
salsinha bem picadinha
cebolinha picada


Cozinhe a mandioquinha por aproximadamente 15/20 minutos. Após, levar ao liquidificador e ir batendo aos poucos misturando com o leite. Quando obtiver uma mistura homogênea, separe. A salsinha e cebolinha já devem estar bem picadinhas para acrescentar junto quando servir. Separe. Ao picar a cebola e espremer o alho, levar já na panela de pressão (melhor a penela de pressão porque vai render bastante em volume) para servir como tempero e levar a mistura do liquidificador para a panela, acrescentando já o sal. Tampe a panela (sem fechar) e deixe fervendo por 5 minutos até misturar com o creme de leite e deixe fervendo por mais 2 ou 3 minutos. Quando servir, pode jogar a salsinha e cebolinha picadas por cima do caldo para dar aroma.


Caldo de abóbora - antes de descascar e cozinhar, é necessário retirar as sementes da abóbora que deve ser a japonesa, ok? É mais ou menos o mesmo tempo de preparo do caldo de mandioquinha. Quando cozinhar, amassar até virar um purê e ir misturando ao creme de leite. Como no purê, para facilitar a mistura, ir acrescentando manteiga ou margarina. Quando obter um purê bem grosso, colocar na panela e ir acrescentando o leite aos poucos. Essa parte minha mãe faz a olho, porque depende da espessura do purê, o que tbm depende da abóbora. Utilize sal a gosto tbm e pode acrescentar no tempero pimenta- -do-reino. Como eu gosto de salsinha, alho e cebola, aconselho a temperarem tbm com elas pq sempre garante um bom sabor.


Caldo Verde - Esse é um dos meus preferidos! Acho que pode ser, talvez, o de vcs tbm e tenho certeza que a maioria já provou, né? E quanto mais couve, no meu caso, melhor! Além do que, a couve é muito rica em proteínas (olha aí para quem acha que só tem proteína nas carnes), ferro, tem ação anti-inflamatória, desintoxicante (por isso que adoro o suco de couve com maça, que já falei dele aqui ) e bastante cálcio. Não só contém bastante cálcio como fixa melhor nos ossos, se tornando melhor fonte do mineral do que o próprio leite de vaca. Surpresos? Essa ação é mais viável pelo consumo da couve por ela conter magnésio, que é o mineral responsável por fixar o cálcio nos ossos. 

E vamos ao caldo!

1 maço de couve manteiga fatiada bem fininha
1/2 kg de batata cortada em pedaços
2 ou 3 dentes de alho 
1 cebola grande picada
sal a gosto
300 gr de mussarela ralada


Para quem quiser e gostar, pode acrescentar linguiça (alguns pedaços fatiados) e umas 300 gr de bacon picado. 
Depois de cozer as batatas, reservar a água onde foram cozidas e amassá-las como se fosse fazer um purê tbm, igual no caso do caldo de abóbora. Em outra panela, juntar a cebola, o alho para dourar e juntar com o bacon antes de juntar com a água que foi reservada. Quando começar a ferver, pode acrescentar os demais ingredientes, deixando a couve por último junto com o sal. Deixe cozinhando por uns 10 minutos mexendo vez ou outra para garantir que nada grude no fundo da panela. Quando servir, pode se jogar na mussarela direto no prato e divirta-se!


E o bom e velho Caldo de Feijão ou Feijãozinho, que acho ser o mais fácil de fazer...até eu faço! hehehe Quando tiver feijão fresquinho em casa, é só pegar umas duas ou três conchas, bater no liquidificador e mandar ver! hahahaha Eu gosto de jogar bastante molhinho de alho, pode ter tbm molho de pimenta (esses que se compra no mercado mesmo), um cheirinho de louro e mais um tantinho de sal e fica perfeito!...Ai, gente do céu! Deu até vontade! 


multireceitas.com.br


 E bateu uma fominha agora...pena que não tem caldinho para matar a vontade. E tá um friozinho aqui em SP que viria bem a calhar, viu?

Receitinhas bem simples e gostosinhas! 

Aproveitem o friozinho e vamos tomar um caldo quente? Facebook Big Smile Grin Emoticon