Image Map

31 março 2015

Toda relação é um presente

Créditos: blogtek.com.br


Sim, minha gente...TODA relação é um presente. Mesmo que seja de grego, é um presente hehehe

O que falar da minha família? Lógico que existem os perrengues, as "tretas", mas sempre houve união, mesmo que não entre todos, mas a maioria se manteve unida sempre, na alegria e na tristeza. E ainda neste contexto, ainda tem os bichinhos, que também fazem parte da famíia e dão uma alegria danada dentro de casa! rsrsrs Como já vi escrito em algum lugar, "um lar sem um animal é apenas uma casa".

Penso nas minhas amizades. Algumas duram a vida toda, apesar da distância, apesar das divergências, de muitas vezes nos chatearmos com esse amigo de nem querer ver ou saber dele por um bom tempo, mas volta e meia vc pensa na pessoa com carinho, lembrando das coisas q aprontaram juntos e começa até a rir das peripécias como se ainda fosse hoje. Hoje, em relação a amigos recentes, tenho bem poucos. Acho que com o tempo, fiquei mais seletiva ou mais desconfiada, não sei. Sofri com "amigos" que não podia nem chamar de colegas. Me refiro a amigo aquele que sabe de coisas da sua vida pessoal, que já foi na sua casa, que já esteve do seu lado em momentos ruins, que se importa com vc de verdade e não é fingimento. E acreditem, eu já tive momentos muito ruins na vida, inclusive de saúde. Mas sempre tive também algum amigo que esteve muito presente em todos eles.

Aí, penso nas relações amorosas que tive. Não sei se acredito que possa existir uma relação nesse nível que seja realmente compensadora, que agregue sentimento, valores...tipo o útil ao agradável, sabe? Varia muito de uma pessoa para outra e o que é melhor para cada um. Nenhum deles sinto mais rancor, posso até não querer saber como está, se está bem ou não pq aquela pessoa não faz mais parte da minha vida e passado deve ficar no passado, mas em termos de possíveis relacionamentos futuros, acho que estou menos crédula, mais distante com relação a um relacionamento pleno...algo como aquilo que a gente ouve dizer que existe, mas nunca viu, sabe como é? rsrsrs Minha situação em relação a isto hoje é cômoda porque não tenho me envolvido emocionalmente com ninguém. Você pode até ficar com alguém, mas gostar se envolver em outros níveis requer alguns cuidados e menos idealizações, o que fatalmente ocorre em algum momento.

E por fim, digo que inimigos são muito importantes para nosso amadurecimento. Seja chama-los de inimigos, traíras, pedrinha no sapato, gente que não presta e faz de tudo pra te derrubar materialmente ou moralmente, aquele que vive querendo te atrapalhar, aquela "coisa" que vc bate o olho nela e sabe que não gosta de vc...e vc, tampouco, gosta dela pq a recíproca é verdadeira. Por conta de inimigos, nós caímos, nos sentimos derrotados muitas vezes, a gente chora, tem vontade de matar (quem nunca??), mas também nos tornamos mais fortes, mais pé no chão, mais alertas...a raiva até nos move a agir, se defender e saber de coisas que se eles não existissem, não seríamos nunca motivados a descobrir e nem teríamos necessidade disso. O fato é que inimigos, essas pessoas que fazem tudo para atrapalhar os outros, que parecem não dormir pensando em como prejudicar ou puxar o tapete de alguém o tempo todo são pessoas muito infelizes, sem amor próprio e, muitas vezes, mesmo que não admitam a si mesmos, querem ter algo de você ou ser você. Por incrível que pareça, já vi gente querendo até os defeitos de outra pessoa e dizer que a odeia.

Então, seja lá qual for a relação, tire algum proveito dela. Inclusive, dos inimigos. ;)



Créditos: hellogiggles.com